De Dentro #26

Por DAIGO OLIVA

O De Dentro dessa semana é da fundadora da Casa Tomada, Tainá Azeredo.

[youtube wd3p_nnb27k nolink]

Uma Brasília e o Cinema Paradiso

Cinema Paradiso foi o primeiro filme que eu me lembro de ter visto no cinema. A sala de cinema mais perto da minha casa ficava em Brasília, a 150 km de estrada ruim. Ir ao cinema era uma aventura em si: arrumar as crianças no carro, colocar gasolina, pegar estrada com o vidro aberto, cantar todo o caminho, fechar o vidro quando algum caminhão passar levantando poeira, chegar em Brasília, passar pelo muro do zoológico e ver as girafas na terra vermelha, descer no shopping, comer no Marieta, filme e toda a historia ao revés até chegar de volta em casa.

1989, pais e irmã em uma Brasília marrom (o carro e a cidade). Na época, eu estava aprendendo a ler, e eles me levavam para assistir ao meu primeiro filme legendado. Quando a tela acendeu, li sozinha CI-NE-MA-PA-RA-DI-SO, e depois disso mais nada. Perdi as palavras com as imagens. Fiquei vendo aquilo tão absorta quanto as pessoas que assistiam aos filmes naquele antigo cinema italiano. Na minha história não importa o que li de verdade.

A minha relação com as imagens no meu trabalho começa aqui, eu me tornei uma pessoa de imagens. Todas os meus trabalhos, as minhas ideias e textos sempre partem de imagens. Eu as construo mentalmente com memórias e novas referências e a partir delas vem o texto, o projeto, a exposição. A tragédia do incêndio sempre me fez pensar que não importa quantas caixas de sapato cheias de fotos, recortes e papéis eu colecione pela vida, as histórias que eu construo e reconstruo a partir das memórias sempre serão as verdadeiras, por mais que elas mudem com o tempo. 

Essa, por exemplo, eu acabei de reconstruir.

Tainá Azeredo é co-fundadora e diretora da Casa Tomada, programa de residência artística criado em 2009. Graduada em artes do corpo e mestre em crítica, curadoria e história, Tainá também produziu trabalhos como artista.

Toda segunda, o Entretempos apresenta a seção De Dentro –uma pessoa elege uma imagem importante em sua vida (uma fotografia, um quadro, uma capa de disco, um postal, o que vier a cabeça) para assim, relembrar memórias e sensações ou relatar o porquê daquela figura ser tão fundamental.

Gostou? Confira outros: Lígia Mesquita, Lívia Aquino, Daniel Benevides, Chico Felitti, Vivian Whiteman, Zé Vicente, Juca Kfouri, Thais Gouveia, Peri Pane, Isabelle Moreira Lima, o pintinho, Filipe Redondo, Eduardo Leme, Renata Simões, Cassiana Der Haroutiounian, Juliana Freire, Daigo Oliva, Lulina, Daniel Klajmic, Mônica Maia, Nazareno Rodrigues, Beto Brant, Manuel da Costa Pinto, Marcos Augusto Gonçalves e Cassiano Elek Machado

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.