Instantâneas

Por DAIGO OLIVA

Depois de uma mini-férias pós-Paraty, o Entretempos retorna com as tradicionais Instantâneas…

Versus – Na próxima quarta-feira (02), a Faculdade Cásper Líbero promove o debate “A ditadura analógica, a democracia digital – 1964/2013”. O evento irá discutir o papel do fotojornalismo durante os anos de ditadura militar e como vem sendo realizado hoje, democratizado pela tecnologia de telefones celulares e câmeras digitais. De um lado, o fotógrafo Evandro Teixeira, 78, responsável por uma das imagens icônicas da repressão policial nos anos 60. Do outro, Rafael Vilela, integrante da Mídia Ninja, e André Liohn, vencedor do Robert Capa Gold Medal 2011. Para se inscrever na conversa organizada pela DOC Galeria é preciso enviar um email para contato@docgaleria.com.br com nome e RG. Para todas as informações é só clicar aqui.

É grátis – “Curadoria em Fotografia: da Pesquisa à Exposição”, livro digital de Eder Chiodetto, será lançado nesta segunda-feira (30). O trabalho traz documentações de curadorias realizadas pelo autor, textos críticos e reportagens escritas para a Folha, onde foi editor de fotografia, e outros veículos. O lançamento, com palestra e bate-papo sobre a obra, será na Escola Panamericana, em SP. “Curadoria em Fotografia” ficará disponível gratuitamente no site de Chiodetto. Para mais informações é só clicar aqui.

Atualização às 11h35: O e-book já pode ser lido clicando aqui.

Novo de novo – O MIS, Museu da Imagem e do Som, abriu as inscrições do projeto “Nova Fotografia” para o ano que vem. Dirigido a artistas emergentes e ainda pouco conhecidos, o programa selecionará seis ensaios fotográficos e três suplentes, que serão expostos ao longo de 2014 por aproximadamente 45 dias. Os trabalhos podem ser enviados até 01 de novembro. Para saber todos os detalhes de como se inscrever é só clicar aqui.

E os indicados são… – O “PhotoBook Awards”, prêmio promovido pela Aperture em parceria com a Paris Photo anunciou a lista final com seus indicados. Entre os destaques para livro do ano, uma brasileira: Rosângela Rennó e a obra com título impronunciável sobre furtos de fotografias. Além da artista, “Holy Bible”, da super dupla Adam Broomberg e Oliver Chanarin e “Birds of the West Indies”, da americana Taryn Simon também aparecem entre os selecionados. Na categoria de fotolivros de estreia, 20 peças, como “A Period of Juvenile Prosperity”, de Mike Brodie, já destacado aqui no blog. O resultado sai em novembro. Para conferir a lista completa é só clicar aqui. *

“Rasen Kaigan”, de Lieko Shiga

* Dica da leitora Jacqueline Schein. Obrigado!

_ _

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.