Livro de ícone da fotografia colorida será lançado no Brasil em setembro

Por DAIGO OLIVA

Em cores e ao vivo – “The Nature of Photographs”, livro teórico do americano Stephen Shore será lançado no Brasil, em setembro, pela Cosac Naify. A obra apresenta imagens do próprio autor, de outros nomes clássicos e até anônimos, em que comenta as diferentes visões sobre o suporte. Segundo Miguel del Castillo, responsável pela área de fotografia da editora, “o livro mostra desde trabalhos icônicos a fotografias perdidas, de negativos até arquivos digitais, explorando desde tópicos mais básicos –foco, planos, impressão, etc.– de um jeito nada óbvio, até os mais complexos, como a percepção do que é visto e do que está no imaginário”. O livro é baseado em aulas ministradas por Shore no Bard College, em Nova York. A versão de “The Nature of Photographs” que será lançada no Brasil é a mesma edição revista e ampliada pelo autor em 2007, pela Phaidon.

Mapas – Abre hoje, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, a exposição “Atlas”, do coletivo Companhia Rapadura. A mostra reúne imagens dos 13 membros do grupo, entre eles Ana Helena Tokutake, Clara Canepa, Flávio Seixlack e Paula Muniz. Além de obras expostas em papel fotográfico, a ideia do coletivo é exibir os trabalhos na forma de fanzines e postais. Segundo os fotógrafos da Companhia, partindo de um viés subjetivo, a exposição guia o espectador por  paisagens e sensações, a fim de proporcionar um circuito em que o público percorra os espaços da galeria. Para saber mais é só clicar aqui.

Repeteco – O fotógrafo americano David Alan Harvey está novamente no Brasil. Membro da lendária agência Magnum, Harvey veio ao Rio de Janeiro para produzir as imagens do projeto “Beach Games” que, segundo o artista, será lançado no próximo mês. O americano publicou em 2012 o fantástico (based on a true story), livro cujas páginas foram editadas completamente soltas, proporcionando novas possibilidades de encaixe.  É possível acompanhar o diário do fotógrafo clicando aqui.

Modernistas – No próximo dia 25,  aniversário da cidade de São Paulo, o Itaú Cultural inaugura a exposição “Moderna para Sempre – Fotografia Modernista Brasileira na Coleção Itaú”. A mostra exibe os maiores nomes da fotografia modernista presentes no acervo da instituição como Geraldo de Barros, Marcel Giró, Thomaz Farkas, German Lorca,  José Oiticica Filho e outros trabalhos realizados entre as décadas de 1940 e 1970. O destaque é a produção do Foto Cine Clube Bandeirante, do qual muitos destes artistas fizeram parte. Com curadoria de Iatã Cannabrava, “Moderna para Sempre” fica em cartaz até 9 de março. Para saber mais é só clicar aqui.

_ _

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.