MIS recebe exposições de Gregory Crewdson e Josef Koudelka em maio

Por DAIGO OLIVA

A programação do “Maio Fotografia”, evento promovido pelo Museu da Imagem e do Som, contará com dois importantes fotógrafos estrangeiros.

A partir do dia 1/5, o MIS, em São Paulo, vai inaugurar mostras do norte-americano Gregory Crewdson e do tcheco Josef Koudelka, membro da agência Magnum há 40 anos –ele já confirmou a vinda ao país para o festival.

Crewdson vai exibir dez fotografias da série “Beneath the Roses”, lançada em livro e objeto do documentário “Brief Encounters”, dirigido por Ben Shapiro.

Cenas do subúrbio americano, carregadas de dramaticidade e meticulosa direção de cena, são realizadas com produção de cinema: guindastes, chuva artificial e até um casa já foi queimada para Crewdson fotografar.

Já Koudelka, 75, apresentará imagens em preto e branco registradas durante a invasão soviética em Praga, em 1968. O fotógrafo é autor do fotolivro “Gypsies”, clássico lançado em 1975 e republicado pela Aperture há três anos.

Também em 2011, o tcheco participou do projeto coletivo “This Place: Making Images, Breaking Images”, organizado pelo francês Fréderic Brenner. Ao lado de outros 11 fotógrafos, Koudelka documentou a barreira criada pelo governo israelense para controlar o acesso de palestinos da Cisjordânia para Israel.

Na parte brasileira da programação, o evento ainda traz Robério Braga, Valdir Cruz e uma coletiva com participantes do LABMIS –residência de fotografia realizada pelo museu–, além da exibição de 80 imagens do acervo do MIS.

Também dentro do “Maio Fotografia”, o museu promoverá em parceria com o Estúdio Madalena o III Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia.

Entre 22 e 25/5, o evento conta com workshops, palestras e uma convocatória que selecionará “textos teóricos, críticos ou relatos de experiência sobre as formas de recepção, difusão e circulação da imagem fotográfica”.

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.