Guia do Paraty em Foco 2014

Por DAIGO OLIVA

O Paraty em Foco, maior festival de fotografia do país, começa sua 10ª edição a partir desta quarta-feira (24). Ao todo, serão cinco dias de palestras, oficinas, encontros e exposições na cidade litorânea do Rio de Janeiro.

Com expectativa de público de 6.000 pessoas –mesma marca do ano anterior, segundo o setor hoteleiro de Paraty– e orçamento de R$ 1,3 milhão, o festival realiza uma mudança importante: As palestras agora serão apresentadas na Tenda Multimídia, espaço que exibiu vídeos e abrigou performances em 2013. Gratuitos, os eventos não precisarão mais de retirada de ingressos.

Como o blog já havia adiantado, a japonesa Rinko Kawauchi e o americano David Alan Harvey são os principais destaques. Aos visitantes que irão ao evento, o Entretempos faz um roteiro com o melhor da programação.

– Quarta (24)

– ‘Sob a luz eclipsada’, com Rinko Kawauchi

OK. É a única mesa do dia, não dava mesmo para indicar outra coisa, mas é o encontro com uma das maiores fotógrafas da atualidade. Com mediação da pesquisadora Rosely Nakagawa, a japonesa Rinko Kawauchi abrirá o festival. Ela é o principal nome da fotografia contemporânea de seu país, cujo trabalho é marcado por imagens poéticas de natureza e de contemplação. Chance para conhecer a autora por trás de pequenas sutilezas do cotidiano. Às 19h.

– Quinta (25)

– ‘Novos naturalistas’, com Pedro Motta e Rodrigo Braga

O encontro dos fotógrafos amazonense e mineiro se dá pela natureza. Motta já a representou enterrada, cortada e com raízes expostas. Já Braga produz interessantes cenas de natureza-morta com animais… mortos. Ele ficou conhecido ao simular uma cirurgia em que médicos costuravam o focinho de um cachorro ao seu próprio rosto. São fotógrafos brasileiros jovens, mas com carreiras consolidadas e trabalhos consistentes. Às 15h.

– Encontro TRAMA: Photobook Dummy Award 2014

Trama, grupo de estudos sobre fotolivros, vai fazer uma edição especial –dividida em três dias– durante o festival. Na quinta (25), às 18h, haverá uma exposição comentada dos trabalhos finalistas do Photobook Dummy Award, premiação dedicada a projetos de publicações. O blog até já noticiou o resultado do concurso, lembra? Na sexta (26), também às 18h, o belga Max Pinckers, autor do ótimo fotolivro “The Fourth Wall” fará um bate-papo.

– Lançamento de “Intergalático”, de Guilherme Gerais

Junto a outros cinco títulos, o paranaense lança o fotolivro “Intergalático” na Livraria Madalena montada na Casa Paraty em Foco. Às 20h.

– Sexta (26)

– ‘A Tensão no nada ou uma nova taxonomia visual’, com Sofia Borges

Com mediação do professor da Faap Rubens Fernandes Jr., a artista paulista apresenta suas obras de investigação sobre a natureza da própria fotografia. Em autorretratos ou registros que dialogam com a pintura, Sofia Borges faz reflexões e perguntas sobre o que é uma imagem. Uma das metades do blog adora as perturbadoras imagens da artista, mas espera que a conversa no festival ajude na compreensão total de sua obra. Às 17h.

– “Masao Yamamoto: anotações sobre um fotógrafo”, com Agnaldo Farias

O curador Agnaldo Farias fará uma conversa sobre o fotógrafo Masao Yamamoto, cuja exposição em São Paulo, em abril, teve o texto de apresentação escrito por ele. Em pequenos formatos, o japonês registra animais, árvores e pessoas, revelando o que o cotidiano torna banal. Às 19h. No domingo (28), o curador faz uma oficina com o maravilhoso título de “Lições de um outro lugar ou análises de obras fotográficas por parte de um ignorante em fotografia, mas não de todo em imagens, fotográficas ou não”.

– Lançamento de “Centro”, de Felipe Russo

Junto a outros quatro títulos, o paulistano Felipe Russo lança o fotolivro “Centro” na Livraria Madalena montada na Casa Paraty em Foco. Às 20h.

– Sábado (27)

– “Ninguém é de ninguém”, com Rogério Reis

Rogério Reis, o John Baldessari brasileiro, será entrevistado pelo fotógrafo Claudio Edinger às 17h. O trabalho do carioca, que discute o direito de imagem em lugares públicos, é permeado por formas geométricas coloridas nos rostos de seus personagens. Ele esconde identidades, mas escancara contextos. Seu passado de fotojornalista é essencial para entender questões do que é permitido fotografar em uma época de câmeras para todos os lados.

– “Based on a true story”, com David Alan Harvey

Um dos maiores destaques do Paraty em Foco deste ano, o fotógrafo da Magnum falará sobre o livro que dá título ao encontro, realizado no Rio de Janeiro e aclamado em todo o mundo por sua edição e montagem ousada. Solto, sem grampos, o fotolivro pode ser montado de diferentes formas, oferecendo ao leitor múltiplas possibilidades narrativas. Às 19h.

– Lançamento de “Albinos”, de Gustavo Lacerda

Junto a outros quatro títulos, o mineiro Gustavo Lacerda lança o fotolivro “Albinos” na Livraria Madalena montada na Casa Paraty em Foco. Às 20h.

– Domingo (28)

“Zoo e Microfilme”, com João Castilho e Letícia Ramos

Thyago Nogueira, coordenador de fotografia contemporânea do Instituto Moreira Salles, realiza bate-papo com os ganhadores da primeira edição da bolsa ZUM. O mineiro João Castilho e a gaúcha Letícia Ramos falarão sobre os processos e a realização final de seus trabalhos durante o ano passado. Enquanto Castilho fotografou animais selvagens em ambientes domésticos, Ramos investiga o suporte fotográfico. É a última mesa do festival, às 13h.

Esta é apenas uma sugestão de roteiro proposta pelo Entretempos. A programação completa do festival você encontra em paratyemfoco.com.

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.