David Alan Harvey exibe filme pornô por engano durante aula em Paraty

Por DAIGO OLIVA

Oooops – O masterclass do fotógrafo norte-americano David Alan Harvey, na manhã desta sexta-feira (26) no Paraty em Foco, corria na maior calmaria até ele procurar um vídeo específico para explicar uma passagem do curso. O autor de “Based on a True Story” pediu a seu assistente que abrisse arquivo por arquivo, quando, de repente, a imagem de duas mulheres e um homem em meio a um filme pornô apareceu na tela. “Desculpe, é o computador do meu assistente”, justificou o membro da agência Magnum, que ficou levemente constrangido para depois dar risada.

Vocês, não – Por conta de um problema pessoal, o professor da Faap Rubens Fernandes Jr. cancelou sua participação no festival. Ele iria entrevistar a artista paulista Sofia Borges na tarde desta sexta (26). Para substituí-lo, o diretor do festival Iatã Cannabrava chamou as meninas do grupo 7Fotografia –que está tocando o blog oficial do “Paraty” deste ano– e uma das metades do Entretempos. Acontece que, segundo a organização do evento, a artista não aprovou a mudança. Exigiu que a palestra fosse feita pelo curador Agnaldo Farias. E assim foi. Ele acabou por emendar duas palestras em sequência. ps. Eu também escolheria o Agnaldo Farias.

Minimalista – Na edição 2013, uma das marcas do festival foi a vinheta hilária em que “atores” interpretavam fotógrafos e a explicação de seus trabalhos para um curador. Longa, roteirizada e muito bem produzida, virou sensação antes do início de cada palestra, sempre arrancando risadas da plateia. Neste ano, a vinheta oficial é minimalista. Em 20 –no máximo 30– segundos, uma foto de Rogério Reis é usada de fundo para o slogan do Paraty 2014 –“Dez anos em foco. Ou quase”– ao som de um violão. Ao ser exibida na abertura do evento, muita gente perguntou: “Mas já acabou?”. Já.

O jornalista DAIGO OLIVA viajou a convite do festival.

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.