Entretempos

Imagens diluídas em diferentes suportes

 -

Editado por Daigo Oliva, editor-adjunto do Núcleo de Imagem da Folha, o blog aborda os diferentes suportes da imagem, com ênfase sempre na fotografia.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

‘Everything Will Be OK’, de Alberto Lizaralde

Por DAIGO OLIVA

‘Everything Will Be OK’, de Alberto Lizaralde (autopublicado) –
A resposta que mais gosto para o que é arte vem do nome da exposição curada pelo suíço Harald Szeemann em 1969: “Quando atitudes ganham forma”. “Everything Will Be OK”, do espanhol Alberto Lizaralde, se encaixa perfeitamente nesta definição. Ao contar a perda de um amigo, o fotógrafo
dá forma à angústia e aos vestígios da morte. É uma daquelas obras que se conectam com o leitor como um soco bem dado. Graças à sua ótima edição,
o livro tem ritmo, unidade e força –o que não impede de apreciar cada uma das fotografias separadamente. Enquanto as bordas arredondadas da publicação remetem ao formato de um diário, os registros de cortes e cicatrizes lembram o livro “Speaking of Scars”, da canadense Teresa Eng. Quando conheci “Everything Will Be OK”, o trabalho ainda era um projeto, mas já era evidente que seria uma grande obra. Um ano depois, o livro agora
é lançado em parceria com Cristina de Middel. Ao terminar a leitura, a capa ainda guarda uma surpresa. Eu, nem de longe, vou estragar a brincadeira.

Avaliação: ótimo 

Haikai: em críticas curtas, o blog comenta fotolivros lançados neste ano.

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.

Blogs da Folha