Daniel Mayrit e Thomas Mailaender vencem o Photobook Awards de 2015

Por DAIGO OLIVA

Photobook Awards – A feira Paris Photo e a fundação Aperture anunciaram nesta sexta (13) os vencedores da edição 2015 do Photobook Awards, a mais importante premiação para fotolivros no mundo. Na categoria para livros de estreia, o ganhador foi o espanhol Daniel Mayrit, que receberá 10 mil euros por “You Haven’t Seen Their Faces”, obra publicada pela editora Riot Books. Com retratos das “100 pessoas mais influentes de Londres”, editados com a estética de câmeras de segurança, Mayrit constrói uma resposta aos panfletos entregues pela polícia local após os protestos na cidade em 2011, quando imagens de vigilância de “desordeiros” foram distribuídas como se os acusados já fossem considerados culpados. “Nós não podemos saber se os jovens retratados pela polícia são mesmo criminosos, da mesma forma que não podemos assumir que esses indivíduos aqui destacados estão todos envolvidos em escândalos financeiros… mas eles não estão?”, pergunta o espanhol. Já o escolhido como fotolivro do ano é “Illustrated People” (RVB Books), de Thomas Mailaender, no qual o alemão aplica negativos escolhidos no Arquivo do Conflito Moderno no corpo de 23 modelos. Depois, os expôs a lâmpadas de UV, revelando as imagens na pele. Ainda foram anunciados o prêmio para catálogo do ano —“Images of Conviction: The Construction of Visual Evidence”, de Diane Dufour and Xavier Barral— e a menção especial do júri para “Deadline”, de Will Steacy. Para saber mais clique aqui.

Constelações – Neste sábado (14), às 12h, os curadores Eder Chiodetto e Fabiana Bruno promovem bate-papo na Zipper galeria (rua Estados Unidos, 1494, tel. 11-4306-4306) sobre a exposição “Constelações, Intermitências e Alguns Rumores”, em cartaz até o próximo dia 21. A mostra reúne a produção de sete artistas visuais: Ana Lucia Mariz, Carolina Krieger, Natasha Gamne, Elaine Pessoa, Marcelo Costa e Marilde Stropp. Para saber mais clique aqui.

León – Também neste sábado (14), o Masp (av. Paulista, 1578, tel. 11- 3251-5644) realizará, das 11h às 13h, palestra sobre o artista León Ferrari, cuja obra é tema de exposição em cartaz no museu. A conferência, ministrada por Virgínia Gil Araujo, doutora em história e crítica de arte pela ECA (Escola de Comunicação e Arte da Universidade de São Paulo), analisará a produção do argentino presente na coleção do Masp, destacando as obras vinculadas ao período em que se exilou na capital paulista. Os interessados devem retirar a senha no dia, a partir das 9h. Para saber mais é só clicar aqui.

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.