MIS exibirá acervo da revista suíça ‘Camera’, que publicou os primeiros trabalhos de Robert Frank

Por DAIGO OLIVA

Após trazer uma retrospectiva de Martin Parr, o MIS (Museu da Imagem e do Som) prepara uma mostra com fotos da cultuada revista suíça “Camera”. A exposição, parte da programação 2017 do “Maio Fotografia”, exibirá um recorte do arquivo de 2 mil imagens do período entre 1966 e 1981, quando o norte-americano Allan Porter esteve à frente do periódico. Além de negativos, cromos e reproduções, também foram preservadas cartas de fotógrafos para o editor.

Fundada em 1922, na cidade de Lucerna, a revista foi pioneira ao exibir obras de Robert Frank, autor de “The Americans”, e de Edward Steichen (1879-1973). Testemunhou a era de ouro da fotografia documental, assim como o uso da cor em trabalhos artísticos. Importantes nomes como Josef Koudelka, Ralph Gibson, Duane Michals e Eikoh Hosoe publicaram suas fotografias na “Camera”. Em 2015, o acervo de Porter foi vendido para o psiquiatra e fotógrafo Wulf Rössler, professor de pós-graduação da USP, que acertou a exposição das imagens com o museu.

O arquivo está sendo higienizado e catalogado em Zurique com a ajuda de um time do MIS liderado por Patrícia Lira, coordenadora de equipe museológica da instituição paulistana. A revista, que voltou a ser editada em 2013, após 32 anos, foi um influente periódico que, sob a direção de Porter, passou a introduzir mais fotógrafos norte-americanos ao público europeu.

***

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.