‘Missão Francesa’ fascina pois recorre a evento que deixou marca estrutural na mentalidade do país

Por DAIGO OLIVA

Como prometi no último vídeo, hoje vou falar sobre o “Missão Francesa”, do André Penteado, lançado pela Editora Madalena em agosto deste ano. Exibo esse fotolivro porque o considero o melhor lançamento brasileiro de 2017. Por quê?

O que me fascina é que o fotógrafo se apoia em eventos que ocorreram dentro de um período curto ou médio da história nacional, mas que deixaram marcas estruturais no país. Com “Missão Francesa”, André investiga a criação da escola de Belas Artes, no Rio. Esse projeto escancara a distância entre o que é idealizado e o que de fato ocorre na prática, um clássico brasileiro.

***

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.