‘Clap!’, catálogo de fotolivros latino-americanos contemporâneos, é lindo de ver e terrível de usar

Por DAIGO OLIVA

Assim como no último vídeo, trago um fotolivro que não faz parte da minha coleção, mas do acervo da biblioteca de fotografia do Instituto Moreira Salles, em São Paulo. Na verdade, esse nem é um fotolivro. É um catálogo. Trata-se do catálogo “Clap!”, uma pesquisa sobre a produção contemporânea de fotolivros latino-americanos entre 2000 e 2016.

O grande problema é que, embora a publicação seja linda, com design do venezuelano Ricardo Baez, ela é difícil de ler. Mostra vários livros ao mesmo tempo, muitos deles colocados na diagonal, de um jeito bem caótico. Cada um dos livros tem um número, com uma correspondência num tabelão. É confuso, complicado demais.

Em vez de viabilizar uma maneira mais fácil de conhecer esses livros, “Clap!” traz obstáculos. É como uma cadeira muito bonita, mas pouco confortável: linda de ver, difícil de usar.

***

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.