Lado ensolarado da baía de Guantánamo é combustível para crítica ácida de Debi Cornwall em ‘Welcome to Camp America’

DAIGO OLIVA

Depois de um mês, volto a publicar um vídeo no canal. O fotolivro que trago, da americana Debi Cornwall, chama-se “Welcome To Camp America” e foi publicado em 2017 pela Radius Books.

Quem é viciado em fotolivros deve ter visto que ele foi citado em diversas listas de melhores do ano passado. “Welcome to Camp America” é sobre Guantánamo, prisão de segurança máxima no meio do Caribe e que abriga detentos que não têm acusações formais nos tribunais dos Estados Unidos.

Grande parte do trabalho é formada por fotos que mostram a baía de Guantánamo frequentada pelos soldados que atuam na penitenciária. Mostram um local ensolarado e de cores quentes.  Quando pensamos em Guantánamo, vem à mente a imagem da prisão.

É óbvio que existe uma oposição brutal entre o mundo interno e o externo, mas quando isso se materializa, a dualidade se torna muito absurda. Se comparada aos registros da penitenciária, superárida e minimalista, a baía de Guantánamo é um playground gigante.

***

Curta o Entretempos no Facebook clicando aqui.

Deixe uma resposta