O Sujeito Coletivo Mulher, de Gretta Sarfaty, no IAB e Central Galeria

“Body Works”, 1976.

O número 306 da Rua Bento Freitas, em São Paulo, recebe uma dobradinha das obras de Gretta Sarfaty.  A artista conhecida por  registrar permanentemente seu corpo e seu estado psíquico, utilizando pintura, papel, desenhos, fotografias, performances está com duas individuais: No IAB – Instituto de Arquitetos do Brasil –  e na Central Galeria. Ela nasceu em […]

Leia Mais

A casa branca de Fernanda Gomes, na Pinacoteca

(Foto: Cassiana Der Haroutiounian)

Entrar na “casa”de Fernanda Gomes, na Pinacoteca, pede tempo, cuidado, solitude e presença. Um estado de alerta. Com uma porta de entrada e outra de saída, os caminhos percorridos nessa casa são criados e recriados pelo hóspede/espectador. Não tem fim, nem começo. Uma trajetória branca, pura ou atravessada pelo tempo de vida dos objetos brancos, […]

Leia Mais

O acontecimento entre dois corpos no trabalho de Marcia Pastore

Frestas em máquina, 2019. Bronze polido, resina de poliéster, gesso, breu, cabo de aço, roldanas e ganchos – Dimensões variáveis. (Foto: Isabella Matheus)

Dois corpos em ação. Corpos de borracha, gesso e ferro que reagem com a ação do outro. Uma delicada dança escultórica que acontece nas sutilezas do encontro. O equilíbrio entre o volume e o vazio, o positivo e o negativo, a tensão e o descanso. São esses os pilares das 40 obras da artista paulistana […]

Leia Mais

As teias da vida de Chiharu Shiota

“The Locked Room”, 2016, KAAT. (Foto: Masanobu Nishino)

No último domingo, 10, passei algumas horas da manhã entre as linhas da vida da maravilhosa artista de Osaka, Chiharu Shiota, no CCBB. Ela está em São Paulo para abrir duas exposições amanhã, 13 de novembro, “Linhas da Vida” no Centro Cultural Banco do Brasil e a site specific “Linha Interna” na Japan House. Com cerca […]

Leia Mais

A leveza do cobre e o peso do algodão na obra de Hilal Sami Hilal

Hilal Sami Hilal – Sem título, da série Alepo, 2019, 250 x 300 cm.

Esta cidade chamarei “cadáver” E as árvores do Cham [Síria] “pássaros tristes” (quem sabe desses nomes nasçam flores ou canções) A lua do deserto chamarei “palmeira” Quem sabe a terra acorde Para ser outra vez criança Nada mais cantará minhas canções Virão os dissidentes e virá a lua em sua hora… Só ficará a loucura Trecho […]

Leia Mais

Além do que se vê.

“Make up”, da série Maskirovka, Kiev, 2017. (Foto: Tobias Zielony/KOW Berlim)

Começa hoje (01/11), na sede paulistana do Instituto Moreira Sales, a quarta edição do Festival Zum, realizada pela revista de mesmo nome. Até o domingo, dia 3 de novembro, o evento reúne artistas, fotógrafos, editores e pesquisadores, em debates e oficinas sobre a produção e a circulação das imagens na atualidade. Todas as atividades são […]

Leia Mais