Um corpo apocalíptico – resistência, angústia e presença

Clara Giaminardi

“A reação catastrófica, que no homem se manifesta como angústia, não seria o fim, porém a condição para um novo começo” – Peter Pal Pelbart, O Avesso do Niilismo, p. 41 Olhos vidrados. Corpos em combate. Escuridão. Pulsa. Pulsa no vazio, na dor, no não ver, não saber, não ser. Um outro estar, no escuro, […]

Leia Mais

Microcosmos em quartos – Ensaio Palavra-Imagem com Rochelle Costi e 11 escritores

Quartos, de Rochelle Costi

Para esta edição do Ensaio Palavra-Imagem convidei alguns escritores que acompanhei no grupo de escrita n’A Escrevedeira para publicarem suas palavras resultantes de um exercício proposto pela querida Noemi Jaffe. Neste bimestre, estamos refletindo sobre como a fotografia pode trazer mais potência e fluidez para um texto. A série “Quartos” da artista multimídia Rochelle Costi […]

Leia Mais

Um livro também é uma esquina – Ensaio Palavra-Imagem com Rafael Jacinto

“Quando enfim fechássemos o mapa o mundo se dobraria sobre si mesmo e o meio-dia recostado sobre a meia-noite iluminaria os lugares mais secretos” trecho do poema de Ana Martins Marques Para esta edição do Ensaio Palavra-Imagem, convidei o fotógrafo brasileiro Rafael Jacinto – que desde 2018 habita Milão com a família – para ser […]

Leia Mais

Passado Futuro Presente – Ensaio Palavra-Imagem com Júlia de Carvalho Hansen e May Parlar

Neste Ensaio Palavra-Imagem, a artista visual turca May Parlar inspirou a poeta e astróloga capricorniana brasileira Júlia de Carvalho Hansen. Parlar é uma artista conceitual que emprega arte performática e cria instalações temporárias de objetos suspensos em paisagens naturais. Algumas de suas séries questionam as noções de identidade, percepção e pertencimento, usando a imagem para […]

Leia Mais

Infinitude movente – uma coleção de nuvens na arte contemporânea para refletir sobre o tempo

Vik Muniz

“Vamos sonhar com o efêmero, e demoremo-nos um pouco mais na formosa tolice das coisas.” Kakuzo Okakura Sempre estive desperta a pequenos rituais diários que permitissem a porosidade das coisas, a tempos suspensos, vividos segundo por segundo em seus micro acontecimentos, respeitando os brilhos, as sombras, os aromas e todas as mutações que o tempo […]

Leia Mais

O infarto da alma – Ensaio Palavra-Imagem com Diamela Eltit e Paz Errázuris

Infarto 30, Putaendo, da série O infarto da alma, 1994. Coleções Fundação Mapfre © Paz Errázuriz, cortesia da artista.

Neste Ensaio Palavra-Imagem: o retrato do amor sob a loucura. Com as palavras de Diamela Eltit e as imagens de Paz Errázuris no livro “O Infarto da alma”, marco do foto-livro latino-americano publicado em 1994 no Chile e ano passado pelo Instituto Moreira Salles. Diamela, um dos mais importantes nomes da literatura contemporânea chilena, foi […]

Leia Mais

O outro lado – um devaneio sobre a montanha na arte contemporânea

Tacita Dean

“Estou sempre pensando que lá por detrás dele acontecem outras coisas que o morro está tapando de mim e que eu nunca hei de poder ver” Guimarães Rosa. Na última segunda-feira assisti ao filme “La Cordillera de los Sueños“do cineasta chileno Patricio Guzmán. Inspirada por ele e por todas as montanhas que venho colecionando há […]

Leia Mais

Encontros e desencontros – Ensaio Palavra-Imagem com Teté Ribeiro e Nan Goldin

Para esta edição do Ensaio Palavra-Imagem, convidei a jornalista Teté Ribeiro para se deixar atravessar pelas icônicas imagens da fotógrafa Nan Goldin. Teté é escritora, formada em Filosofia pela USP, autora dos livros “Minhas Duas Meninas” e “Divas Abandonadas” dentre outros . Atualmente, escreve sobre TV, cinema e livros na Folha, onde foi editora da […]

Leia Mais

O ventre da terra – um devaneio sobre a terra e suas camadas na Galeria Superfície

Passagem, Celeida Tostes, 1979

“O sonho da Terra é uma metamorfose. O que é pedra vira borboleta, o que é pau vira vento, o que é vapor vira chuva, as nuvens despencam em tempestade. Toda essa fantástica movimentação da vida é o sonho da Terra. É a transformação, a metamorfose.” Ailton Krenak em entrevista para o Instituto Humanitas Unisinos. […]

Leia Mais

Como desaparecer completamente – Ensaio Palavra-Imagem com Julia de Souza e Eugène Atget

O Entretempos está de volta depois de uns dias em terras armênias. E ele chega chegando com a delicadeza das palavras de Julia de Souza e das emblemáticas imagens de Eugène Atget. Julia, poeta paulistana, publicou “As durações da casa” (2019), “Gigante vermelha” (2016) e “Covil” (2013). Atget (1857-1927), francês, um dos grandes nomes da […]

Leia Mais