‘Sangue fotografa bem?’ – Ensaio Palavra-Imagem com Chico Felitti e Lukasz Wierzbowski

Nesta edição do Ensaio Palavra-Imagem, o escritor e jornalista Chico Felitti se deixou atravessar pelas imagens do polonês Lukasz Wierzbowski , criando esse texto que é quase o roteiro de um curta-metragem que beira o absurdo e tira-nos o ar. Chico é autor dos livros “Ricardo & Vânia”, “A Casa”, “Mulher Maravilha” e ganhador dos prêmios […]

Leia Mais

Um horizonte silencioso – as paisagens analógicas do dinamarquês Adam Jeppesen

Imagem do Projeto Flatland Camp

Transitar pelas paisagens inóspitas do dinamarquês Adam Jeppesen é como uma imersão contemplativa e um aquietar dos olhos, receptivos ao acaso.  Também o é para ele que busca, na maioria de suas obras, um contato profundo e meditativo com o entorno que habita para registrar a experiência vivida em suas imagens. Jeppesen – que vive […]

Leia Mais

A memória dos objetos – Ensaio Palavra-Imagem com a argentina Leticia Obeid

Ganhei de presente o  livro “Preparación para el amor” (2015) de Leticia Obeid – publicado pela pa(rent)esis no Brasil –  em uma viagem a Argentina, em fevereiro deste ano, quando ainda podíamos transitar pelo mundo. Comecei e terminei a leitura dessa delicadeza de escrita ainda nos primeiros dias de isolamento. Ela transita pela escrita, vídeo, pintura e instalação, […]

Leia Mais

Provoke! A estética e a política da fotografia japonesa

Shomei Tomatsu

Desde o fim da Segunda Guerra Mundial, com os bombardeios de Hiroshima e Nagasaki e a ocupação dos Estados Unidos, o Japão tem dado contribuições significativas para a fotografia mundial, com uma estética sólida e radical para através dos tempos. O grupo de vanguarda que se consolidou entre os anos 1950-1970 rompeu com todas as […]

Leia Mais

Aprender a cultivar etéreos – Ensaio Palavra-Imagem com Evandro Affonso Ferreira

Assim que terminei de ler “Moça quase-viva enrodilhada numa amoreira quase-morta” convidei o escritor Evandro Affonso Ferreira para esta edição do Ensaio Palavra-Imagem. No ano passado, ele passou meses seguidos fotografando muros com grafites carcomidos pelo tempo em São Paulo, com uma máquina pequena e amadora “mais simples que um celular”, em suas palavras. A […]

Leia Mais

Os anos de escuridão do Líbano e suas memórias – a obra de Lamia Joreige

The End Of…

“Nós só temos dois caminhos: apoiar todos os movimentos das revoluções e acreditar que o apoio da comunidade internacional e da comunidade local ao Líbano crescerão, ou vamos ser obrigados a deixá-lo e vê-lo se tornar o país da escuridão. Se o Hezzbollah continuar, não existe esperança. Com o balanço do poder desigual e falso […]

Leia Mais

Adeus horizonte – Ensaio Palavra-Imagem com Noemi Jaffe e Gohar Dashti

Iran, 2013, Gohar Dashti

Para esta edição, convidei a escritora Noemi Jaffe para compartilhar conosco suas palavras, inspirada pelo ensaio forte e delicado da iraniana Gohar Dashti. Noemi é autora de diversos livros, além de crítica, poeta, professora e sócia-diretora  da  “Escrevedeira”. Por sua vez, Gohar, em sua obra, apropria-se principalmente de temas sociais e tem obras em diferentes […]

Leia Mais

‘Mas antigamente é quando?’ – Ensaio Palavra-Imagem com Simone Paulino e Guido Guidi

Hoje o Ensaio Palavra-Imagem vem com as palavras de Simone Paulino e as imagens de um tempo suspenso do fotógrafo italiano Guido Guidi. Paulino é escritora, editora e jornalista. Fundou a editora Nós (da qual quase gabaritei todos os livros) e autora de alguns títulos, entre eles o potente “Abraços Negados em Retratos”, que me atravessou […]

Leia Mais

O corpo como território político – a obra da paraense Berna Reale

Quando todos calam #2

“Violento é aquele que faz do outro uma coisa”. Partindo dessa tradução livre da filósofa francesa Simone Weil, a artista paraense Berna Reale – um dos grandes nomes da arte contemporânea – traz todo o peso dessa reflexão no âmago de sua obra. Um questionamento crítico dos aspectos da violência, do racismo, da desigualdade e […]

Leia Mais

‘Olha, está nuviscando’ – As nuvens inventadas do artista holandês Berndnaut Smilde

Nimbus Diocleziano Aula V, 2018 (Foto:Berndnaut Smilde, Ronchini Gallery)

O que amor desalinha O céu não basta por coberta Como a nuvem: o peito já nascido desfeito O dedo do menino ínfimo, aponta o infinito: olha, está nuviscando! A nuvem espreita os olhos do menino e, em espelho, vê o céu onde nasceu. Poema “Nuvem” do livro  Vagas e Lumes, de Mia Couto Paralisar […]

Leia Mais