A fragilidade do ar – Ensaio Palavra-Imagem com Tamara Grosso e Charles Pétillon

Para este Ensaio Palavra-Imagem, convidei a poeta argentina Tamara Grosso para escrever inspirada pelas  imagens do francês Charles Pétillon. Ela, que com cenas do cotidiano, usa a palavra de forma potente e muito delicada, publicou os livros  “Entre el blanco y el negro (2015), “Guatepeor” (Modesto Rimba, 2016), “Márgenes” (Objeto Editorial, 2016) e “Cuando todo […]

Leia Mais

Inquietações sobre corpos pretos masculinos – Ensaio Palavra-Imagem

Boys and the water I, Senegal

Para esta edição do Ensaio Palavra-Imagem convidei a paulistana Midria, Poeta, estudante de Ciências Sociais na Universidade de São Paulo, educadora, slammaster do Slam USPerifa e membra do Coletivo Sarau do Vale para escrever pautada pelas imagens extremamente potentes da fotógrafa caribenha Denisse Ariana Pérez. Midria atua na cena de slams desde 2018, ano que participou do […]

Leia Mais

Dois corpos na cumplicidade de um dançar – os irmãos Ebinum, da Nigéria

Os irmãos Victory e Marvel Ebinum

Os irmãos Victory e Marvel Ebinum são dançarinos autônomos que vivem em Lagos, Nigéria, país que compartilha com o Brasil culturas e histórias, em um laço criado a partir da violência da escravidão. Absolutamente movidos pela paixão de mover seus corpos como no ato de respirar, tive a chance de conversar com eles na terça-feira, […]

Leia Mais

A quietude do olhar – a obra da dinamarquesa Trine Søndergaard

” Capturar um estado de ânimo, aproveitar um pensamento de clareza líquida e de espírito É como segurar uma vida incompleta e que treme na mão. É preciso vestir ela de palavras e estrofes Moldar um traje de proteção Para que alguém através dele possa vislumbrar remotamente Tudo aquilo que a pessoa nunca chega a […]

Leia Mais

Uma temporalidade descontínua – Ensaio Palavra-Imagem com Dominique Gonzalez-Foerster

Nos Années 70 (Chambre), 1992, Cortesia da artista e da galeria Esther Schipper, Berlin (Foto: Andrea Rossetti)

Hoje no Ensaio Palavra-Imagem, o texto do curador, pesquisador e jornalista Victor Gorgulho com as lindas imagens da francesa Dominique Gonzalez-Foerster. Gorgulho, em sua pesquisa, se debruça, dentre outras temáticas, sobre as contradições dos projetos de modernidade desenrolados ao longo do século XX, ao redor do mundo; Gonzalez-Foerster, um dos nomes mais expressivos da arte […]

Leia Mais

Habitar e apreender a paisagem na experiência existencial do ser – a obra de Marcelo Moscheta

Equalizer For Distant Horizons – Itatiaia, 2014

“ (…) do fundo do opaco eu escrevo, reconstruindo o mapa de um soalheiro que nada mais é que um inverifcável axioma para os cálculos da memória, o lugar geométrico do eu, de um mim mesmo do qual o mim mesmo necessita para se saber mim mesmo, o eu que só serve para que o […]

Leia Mais

As pinturas viscerais da espanhola Paula Bonet

La sed #1, Paula Bonet

Em carne-viva. Assim é a obra da espanhola Paula Bonet, com quem bati um papo na última terça feira (26). Todas as emoções correndo intensamente por suas veias em cada ato de pintar, desenhar, escrever… Dor, angústia, tristeza, dúvidas e anseios como lugares onde se coloca em risco o tempo todo. Desde os últimos trabalhos, […]

Leia Mais

O silêncio das árvores – Thais Gouveia e Antti Laitinen no Ensaio Palavra-Imagem

2D Tree #4, Antti Laitinen

Para essa edição do Ensaio Palavra-Imagem convidei a comunicadora e escritora Thais Gouveia que me propôs as imagens do finlandês Antti Laitinen. Thais escreve sobre arte, tendo publicado mais de 50 artigos e ensaios em veículos nacionais e internacionais e trabalhou na comunicação de galerias de arte e instituições, incluindo a Pinacoteca de São Paulo. […]

Leia Mais

As cicatrizes de um território – a obra do sul-africano Moshekwa Langa

Identidade Preciso ser um outro para ser eu mesmo Sou grão de rocha Sou o vento que a desgasta Sou pólen sem insecto Sou areia sustentando o sexo das árvores Existo onde me desconheço aguardando pelo meu passado ansiando a esperança do futuro No mundo que combato morro no mundo por que luto nasço Mia […]

Leia Mais

O que separa um dia do outro? Verónica Flom e Joaquín Boz no Ensaio Palavra-Imagem

Sem-título, 2018, óleo sobre madeira, 160 x 220 cm

Para este Ensaio Palavra-Imagem, convidei a curadora argentina Verónica Flom e o artista plástico Joaquín Boz para ocuparem esse espaço com uma parceria feliz entre os dois. Desde fevereiro,  quando conheci a obra de Boz, em Buenos Aires, essas palavras de Flom, vez ou outra, voltam em meus devaneios. Que alegria poder publicar aqui hoje. __________________________________________________________________________________________ Notas […]

Leia Mais